Publicidade
Publicidade - Super banner
enhanced by Google
 

Seguradoras perdem US$ 50 bilhões com catástrofes

GENEBRA - As companhias de seguros perderam US$ 50,7 bilhões este ano com indenizações de catástrofes naturais e desastres praticados pelo homem, no segundo ano mais custoso da história do setor. A cifra foi divulgada pela Swiss Re, uma das principais resseguradoras do mundo. Em 2005, as perdas tinham batido o recorde de US$ 118 bilhões.

Valor Online |

A fatura das tragédias para a sociedade foi de US$ 225 bilhões este ano, incluindo perdas cobertas ou não pelas seguradoras, como prédios, infra-estrutura e veículos, e que fizeram 238 mil mortos.

Desse total, a fatura das seguradoras ficou em US$ 50 bilhões. Não foi maior porque não cobriu algumas das maiores catástrofes. O terremoto de Sichuan, na China, deixou prejuízos de US$ 85 bilhões, mas os chineses não tinham seguro. Já o furacão Ike, nos EUA e Caribe, fez estragos de US$ 40 bilhões, dos quais US$ 20 bilhões foram cobertos pelas seguradoras.

Leia tudo sobre: segurados

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG