Publicidade
Publicidade - Super banner
enhanced by Google
 

Seguradora chinesa Ping An obtém lucro em 9 meses apesar de perdas com Fortis

Xangai, 28 out (EFE).- A segunda maior seguradora chinesa, a Ping An, registrou lucro líquido de 1,804 bilhão de iuanes (US$ 263 milhões) nos nove primeiros meses do ano, apesar das fortes perdas no terceiro trimestre por causa de seu investimento no banco belga Fortis.

EFE |

A companhia explicou em comunicado publicado em seu site que as perdas na entidade belga, uma das mais afetadas pela atual crise financeira internacional, foram as principais causas da queda dos lucros nestes nove meses.

Entre janeiro e setembro de 2007, o lucro líquido da Ping An foi de 15,388 bilhões de iuanes (US$ 2,249 bilhões).

O custo agregado de seu investimento no Fortis, instituição da qual detém mais de 5%, supera 23,874 bilhões de iuanes (US$ 3,488 bilhões).

O Fortis esteve a ponto de quebrar em setembro e foi resgatado pelos Governos de Bélgica, Luxemburgo e Holanda.

No início do mês, a Ping An se viu obrigada a anunciar despesas no valor de 15,7 bilhões de iuanes (US$ 2,292 bilhões) para cobrir as perdas por sua participação na entidade belga.

Em 2 de outubro, a Ping An confirmou o cancelamento do investimento de US$ 2,925 bilhões para comprar 50% da filial do Fortis em gestão de ativos.

Apenas no terceiro trimestre do ano, a Ping An registrou perdas de 7,915 bilhões de iuanes (US$ 1,156 bilhão), originadas em sua maioria por seu investimento no Fortis, o que deve ter um "impacto significativo" em seu lucro anual.

Entre julho e setembro de 2007, a companhia auferiu ganhos de 5,419 bilhões de iuanes (US$ 792 milhões).

A maior seguradora chinesa, a China Life, também anunciou diminuição de 70% em seu lucro líquido no terceiro trimestre deste ano.

Os ganhos da seguradora chinesa caíram para 2,339 bilhões de iuanes (US$ 342 milhões) no terceiro trimestre em comparação com os 7,82 bilhões de iuanes (US$ 1,143 bilhão) obtidos no mesmo período de 2007. EFE trr/wr/fal

Leia tudo sobre: home

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG