Publicidade
Publicidade - Super banner
enhanced by Google
 

Segunda maior loja de eletrônicos dos EUA demite 17%

Nova York, 3 nov (EFE).- A Circuit City, segunda maior cadeia americana de lojas de produtos eletrônicos, anunciou hoje o fechamento de 155 pontos e a redução de 17% de seus trabalhadores nos Estados Unidos, em conseqüência da retração da economia e da deterioração da liquidez da companhia.

EFE |

A empresa com sede em Richmond (Virgínia) não precisou o número de trabalhadores que serão afetados pela medida.

Em fevereiro, a companhia tinha 42.974 empregados, segundo dados de seu site.

A Circuit City também anunciou que não abrirá 10 lojas que em princípio previa inaugurar neste ano fiscal e, ainda, que renegociará "de forma agressiva" alguns aluguéis, a fim de reduzir custos.

O vice-presidente da Circuit City, James Marcum, assinalou em comunicado de imprensa que o arrefecimento econômico se refletiu em "uma queda da despesa dos consumidores", o que teve um impacto nas vendas da companhia.

Marcum acrescentou que os executivos "estão tomando decisões difíceis, mas necessárias, para enfrentar o mais rápido possível a situação financeira da companhia".

Após o fechamento anunciado de 155 locais, a Circuit City contará com 566 lojas nos Estados Unidos.

As ações da companhia subiam 51,65% até US$ 0,39 na metade do pregão na Bolsa de Nova York, enquanto as de sua concorrente Best Buy avançavam 5,73% até 28,42%. EFE bj/jp

Leia tudo sobre: home

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG