Publicidade
Publicidade - Super banner
enhanced by Google
 

Secretária de Estado americana busca acordo entre Geórgia e Rússia

SÃO PAULO - A secretária de Estado americana, Condoleezza Rice, chegou nesta sexta-feira à capital da Geórgia para incentivar um novo cessar-fogo. Desde a semana passada, aumentaram as tensões entre georgianos e russos pela região separatista de Ossétia do Sul.

Valor Online |

Tropas russas permanecem no controle de duas cidades da Geórgia - Gori e Poti - apesar dos compromissos de retirada. Um general russo disse, contudo, que não houve confrontos hoje e que soldados russos e georgianos estão recuando.

O presidente francês, Nicolas Sarkozy, que ocupa a direção rotativa da União Européia, negociou um acordo em nome do bloco no início desta semana. Ele pediu que Rússia e Geórgia consolidem o fim das hostilidades e que Moscou acelere a retirada de suas forças para a posição antes de 7 de agosto, quando a crise foi aberta.

Ontem, os líderes da Ossétia do Sul e Abkházia, Eduard Kokoity e Serguei Bagapsh, pediram que a comunidade internacional reconheça a independência de seus territórios. Quanto mais rápido for reconhecida a independência, mais rapidamente será restabelecida a estabilidade no Cáucaso, sustentou Kokoity, completando que se irá buscar a independência em conformidade à lei internacional.

Bagapsh disse, por sua vez, que nenhuma força irá impedir de que os dois enclaves com laços históricos com a Rússia busquem à independência e que ambos irão seguir esse caminho juntos.

A Rússia, por sua vez, diz apoiar qualquer decisão das duas regiões com relação ao status dela.

(Juliana Cardoso | Valor Online, com agências internacionais)

Leia tudo sobre: home

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG