A Comissão de Operações na Bolsa (SEC) dos Estados Unidos proibiu temporariamente e com efeito imediato as vendas a descoberto sobre os valores financeiros, seiguindo uma decisão similar da Autoridade de Serviços Financeiros (FSA) britânica.

"Atuando de acordo com a FSA, a SEC adotou medidas de urgência temporárias para proibir as vendas a descoberto nas companhias financeiras para proteger sua integridade e a qualidade do mercado da Bolsa, assim como reforçar a confiança dos investidores", destaca a 'Securities and Exchange Commission' em um comunicado.

A medida, que entra em vigor imediatamente, terminará a princípio no dia 2 de outubro, mas pode ser prorrogada em caso de necessidade.

A proibição da FSA prosseguirá até 16 de janeiro.

A venda a descoberto consiste em tomar emprestado um título mediante o pagamento de uma comissão, e vendê-lo esperando que sua cotação caia. Se isso acontece, o especulador pode recomprar o papel mais barato para devolvê-lo a seu proprietário, embolsando a diferença entre o preço de compra e de venda.

A técnica precipita com freqüência a queda das cotações.

maj/fp

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.