Publicidade
Publicidade - Super banner
enhanced by Google
 

SEC ignorou alertas confiáveis sobre práticas de Madoff, admite Cox

SÃO PAULO - O presidente da Securities and Exchange Commission (SEC, comissão de valores mobiliários dos EUA), Christopher Cox, admitiu ontem à noite que o órgão regulador fracassou na análise das atividades de Bernard Madoff, ex-presidente da Nasdaq acusado de armar um esquema de fraude financeira. Em nota, Cox observou que a SEC recebeu alertas críveis e específicos relacionados com as práticas de Madoff desde ao menos 1999, mas nunca houve a recomendação para uma ação. Ele ordenou uma ampla revisão interna para investigar as alegações passadas contra Madoff e descobrir por que elas não foram consideradas.

Valor Online |

O Wall Street Journal (WSJ) reportou nesta quarta-feira que a investigação da SEC deve incluir o relacionamento entre a sobrinha de Madoff, Shana Madoff, e Eric Swanson, ex-representante da SEC que passou 10 anos no organismo antes de desligar-se em 2006.

Bernard Madoff montou um esquema de fraude em fundo de hedge em que os pagamentos dos investidores não eram feitos com rendimento real e, sim, com as aplicações de clientes novos. O esquema trouxe perdas para muitas instituições financeiras e investidores.

(Valor Online, com agências internacionais)

Leia tudo sobre: home

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG