A Securities and Exchange Commission (SEC), a comissão norte-americana que lida com valores mobiliários, acusou o Goldman Sachs e um de seus vice-presidentes de fraudarem investidores ao declarar falsamente e omitir fatos-chave sobre um produto financeiro ligado a hipotecas subprime quando o mercado de moradia dos Estados Unidos estava começando a apresentar problemas. A SEC alega que o Goldman Sachs estruturou e comercializou um obrigação da dívida colateralizada (CDO) sintética que dependia do desempenho de ativos lastreados em hipotecas subprime.

A Securities and Exchange Commission (SEC), a comissão norte-americana que lida com valores mobiliários, acusou o Goldman Sachs e um de seus vice-presidentes de fraudarem investidores ao declarar falsamente e omitir fatos-chave sobre um produto financeiro ligado a hipotecas subprime quando o mercado de moradia dos Estados Unidos estava começando a apresentar problemas. A SEC alega que o Goldman Sachs estruturou e comercializou um obrigação da dívida colateralizada (CDO) sintética que dependia do desempenho de ativos lastreados em hipotecas subprime. Segundo a SEC, o Goldman Sachs não revelou aos investidores informação vital sobre o CDO, em particular o papel que um grande fundo de proteção (hedge) desempenhava no processo de seleção da carteira e o fato de que o fundo de hedge tinha uma posição vendida (aposta na baixa) contra o CDO. "O produto era novo e complexo, mas a fraude e os conflitos (de interesse) são velhos e simples", disse Roberto Khuzami, diretor da divisão de aplicação de normas da SEC. "O Goldman permitia erradamente que um cliente que estava apostando contra o mercado de hipotecas influenciasse pesadamente quais títulos hipotecários seriam incluídos numa carteira de investimento, ao mesmo tempo em que dizia a outros investidores que os títulos eram escolhidos por uma terceira parte independente e objetiva", disse Khuzami. A acusação é parte da investigação da SEC nos bancos de investimentos e outros que faziam securitização de complexos produtos financeiros ligados ao mercado de moradia dos EUA quando este começava a dar sinais de crise, segundo Kenneth Lench, chefe da unidade de produtos novos e estruturados da SEC. As informações são da Dow Jones.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.