ESTOCOLMO (Reuters) - A fabricante de caminhões Scania adiantou seus resultados do primeiro trimestre nesta terça-feira, mostrando bons números impulsionados pela forte demanda no Brasil, seu maior mercado.

A empresa sueca, na qual a montadora Volkswagen possui fatia majoritária, afirmou que seu lucro operacional nos primeiros três meses do ano subiu para 2,13 bilhões de coroas suecas, contra 1,43 bilhão no último trimestre do ano passado e 506 milhões de coroas suecas um ano antes.

ESTOCOLMO (Reuters) - A fabricante de caminhões Scania adiantou seus resultados do primeiro trimestre nesta terça-feira, mostrando bons números impulsionados pela forte demanda no Brasil, seu maior mercado.

A empresa sueca, na qual a montadora Volkswagen possui fatia majoritária, afirmou que seu lucro operacional nos primeiros três meses do ano subiu para 2,13 bilhões de coroas suecas, contra 1,43 bilhão no último trimestre do ano passado e 506 milhões de coroas suecas um ano antes.

"Esses números são explicados principalmente pela forte demanda no Brasil, onde o mercado de caminhões é apoiado por incentivos fiscais e subsídios", disse a empresa em comunicado.

As ações da companhia subiam 6,98 por cento, para 125,70 coroas suecas às 11h18.

As fabricantes de caminhões têm sido afetadas pelo maior retrocesso do setor em décadas, com a crise financeira minando anos de crescente demanda, mas a procura maior nos mercados emergentes ajudou a indústria a sair da queda livre.

A Scania afirmou no mês passado que elevaria a produção e colocaria os funcionários em turnos integrais para acompanhar a demanda, especialmente no Brasil.

As vendas da empresa no primeiro trimestre subiram para 16,5 bilhões de coroas suecas ante 13,8 bilhões de coroas suecas no quarto trimestre de 2009 e 15,9 bilhões de coroas suecas um ano antes.

(Reportagem de Niklas Pollard)

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.