Tamanho do texto

SÃO PAULO - O presidente francês Nicolas Sarkozy anunciou um plano de 26 bilhões de euros, ou 1,3% do Produto Interno Bruto (PIB), destinado ao investimento público e às empresas. Do total, 10,5 bilhões irão para projetos públicos.

"Nossa resposta à crise é o investimento porque é a melhor maneira de apoiar a atividade para salvar empregos agora, porque é a única forma de preparar os empregos de amanhã", declarou Sarkozy.

O governo francês confia que o plano impulsione a economia do país em 2009 ao mesmo tempo que elevará o déficit público a 3,9%, acima do teto de 3% contemplado no Pacto de Estabilidade europeu.

(Valor Online, com agências internacionais)

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.