Publicidade
Publicidade - Super banner
enhanced by Google
 

Sarkozy anuncia criação de fundo público de ajuda às empresas

O presidente francês Nicolas Sarkozy anunciou nesta quinta-feira a criação de um fundo público de intervenção para atuar em favor das empresas consideradas estratégicas e que atravessam dificuldades, segundo informou durante um encontro com empresários em Annecy, leste da França.

AFP |

"Esta medida terá a forma de um fundo público de intervenção, que atuará maciçamente cada vez que uma empresa estratégica necessitar de fundos limpos", afirmou. "Pedirei que o parlamento adote essas medidas bem rapidamente", acrescentou.

O presidente francês afirmou que deseja incluir a Europa em sua estratégia de intervenção.

Esta semana o chefe de Estado francês, presidente em exercício da União Européia (UE), se pronunciou em favor da criação na Europa de fundos soberanos que, coordenados, permitiriam "dar uma resposta industrial à crise" econômica.

"Peço que reflitamos sobre a oportunidade de criarmos, cada um de nós, fundos soberanos. Talvez possam ser coordenados para dar uma resposta industrial à crise", ressaltou Sarkozy no Parlamento Europeu em Estrasburgo (leste da França).

A idéia de criar fundos soberanos nacionais para proteger as indústrias européias foi rejeitada pela Alemanha.

O ministro da Economia alemã, o conservador Michael Glos, rejeitou a idéia porque isso, segundo ele, "contradiz todos os princípios de uma política econômica coroada pelo êxito".

Para ele, a economia alemã é sólida e "não precisa de outras medidas de proteção" além das já existentes.

Nenhum outro país europeu reagiu até agora com a mesma veemência que os alemães à proposta de Sarkozy, que teve sua importância minimizada nesta quarta-feira por um porta-voz da chancelaria de Berlim, Thomas Steg, que a classificou simplesmente como "estímulo à reflexão".

mtr/cn

Leia tudo sobre: home

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG