Publicidade
Publicidade - Super banner
enhanced by Google
 

Santelisa pode trocar 40% da dívida por ações

A Santelisa Vale propôs aos bancos credores transformar em torno de R$ 1,2 bilhão, ou 40% de sua dívida de R$ 3 bilhões, em participação acionária na empresa, que poderia ser vendida posteriormente. Pela proposta, a dívida restante, de R$ 1,8 bilhão, seria paga em oito anos, com carência de três anos, pelos atuais acionistas, ou por quem vier comprar a fatia deles na companhia, segundo fontes.

Agência Estado |

Ainda não está definido quanto os 40% da dívida corresponderiam da participação acionária da empresa, que é a segunda maior produtora de açúcar e álcool do País. Mas é certo que ela seria uma participação minoritária. O acordo teria sido bem aceito pelos grandes credores, como Bradesco, Itaú/Unibanco e HSBC, mas enfrenta resistência das pequenas instituições financeiras, como o banco Daycoval.

No final do ano passado, o Daycoval teve negado pela Justiça o pedido de arresto de cargas de açúcar da Santelisa Vale como garantia de uma dívida cujo valor seria de R$ 36 milhões. O banco entrou com um novo pedido, que ainda aguarda julgamento.

O acordo com os bancos deve coincidir com o recebimento, por parte dos acionistas da Santelisa Vale, das possíveis propostas de aquisição da companhia. Os grupos contatados pela própria empresa devem fazer suas propostas até o final de fevereiro, e a previsão é que até a metade de março a venda possa ser finalizada.

Um nome que vem surgindo com força entre os participantes do mercado como provável comprador é a ETH Bioenergia. A Santelisa Vale já teria acertado ainda o acordo de um novo aporte de capital no valor de R$ 500 milhões com o BNDES, que deverá ser liberado quando a usina definir seu futuro.

Leia tudo sobre: home

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG