Montevidéu, 9 out (EFE).- Prevista para o início de novembro, uma fusão entre banco Santander Uruguai e a filial do holandês ABN Amro formará a maior entidade financeira privada uruguaia, informou hoje a direção do Santander.

Segundo explicou à imprensa o presidente do Santander Uruguai, Jorge Jourdan, os detalhes da integração e o plano de negócios estão desde 8 de agosto sob análise do Banco Central uruguaio.

A operação reflete o consórcio formado há um ano pelo Royal Bank of Scotland, o Fortis e o espanhol Santander.

O Santander Uruguai, que é uma sociedade anônima local, comprou por US$ 300 milhões as operações domésticas de ABN Amro ao consórcio.

O novo banco concentrará 20% de todos os negócios bancários no Uruguai e ficará atrás, apenas em ativos, do Banco República. EFE jas/jp

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.