Publicidade
Publicidade - Super banner
enhanced by Google
 

Santander pede para suspender pagamentos por não ter dinheiro

Madri, 16 fev (EFE).- A Santander Real Estate, gestora de fundos imobiliários do banco Santander, informou hoje que pediu autorização ao órgão regulador da Bolsa de Valores de Madri para suspender por dois anos os reembolsos de um de seus produtos por carecer de liquidez-ou seja, não ter dinheiro em caixa- para pagá-los.

EFE |

A Santander Real Estate afirmou que seu fundo Banif Imobiliário FII "carece atualmente da liquidez necessária para arcar com o pagamento integral" dos reembolsos pedidos pelos clientes até 13 de fevereiro passado, que representam "80% do patrimônio total do Fundo no final de janeiro".

O valor dos reembolsos solicitados até essa data chega a 2,617 bilhões de euros (cerca de US$ 3,3 bilhões), explicou a entidade em uma comunicação à Comissão Nacional de Bolsa de Valores (CNMV).

A suspensão, caso a Santander Real Estate tenha seu pedido aceito pela CNMV, começará em 28 de fevereiro deste ano e seguirá o mesmo dia de 2011.

No comunicado, a Santander Real Estate explica que, uma vez transcorridos os dois anos solicitados para a suspensão, em 1º de março de 2011, não ela tiver satisfeito integralmente os reembolsos pendentes, se acordará sua dissolução. EFE ep/jp

Leia tudo sobre: home

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG