Publicidade
Publicidade - Super banner
enhanced by Google
 

Santander confirma negociação de venda de banco com Chávez

SÃO PAULO - O banco espanhol Santander confirmou hoje, por meio de nota, que está negociando com o governo venezuelano a venda do Banco de Venezuela. Ontem, o presidente daquele país, Hugo Chávez, havia anunciado em cadeia nacional de rádio e televisão que pretendia nacionalizar a instituição financeira.

Valor Online |

Na nota divulgada hoje, o Santander confirma a versão de Chávez sobre a negociação. O banco espanhol disse que tinha planos de vender a instituição a um grupo privado venezuelano, mas que as negociações não chegaram a uma conclusão. O Banco Santander teve depois conhecimento do interesse do governo venezuelano no Banco de Venezuela e está neste momento em conversações sobre o tema, disse o comunicado.

O Banco de Venezuela, controlado pelo Santander desde dezembro de 1996, é um dos mais importantes daquele país, com 285 agências e 3 milhões de clientes. O mercado estima que o controle exija um desembolso de US$ 1,9 bilhão.

(Valor Online, com agências internacionais)

Leia tudo sobre: home

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG