Tamanho do texto

A Samarco informou ontem que decidiu estender a paralisação de duas de suas três usinas de pelotização até o dia 31 de março deste ano, em função da fraca demanda por pelotas de minério de ferro, causada pela crise financeira internacional. As unidades, localizadas no Espírito Santo, estão inativas desde o final de novembro.