SÃO PAULO - Os investidores estrangeiros seguem atuando na ponta vendedora na Bolsa de Valores de São Paulo (Bovespa). No acumulado do mês até o dia 17 de setembro, o saldo de negociação direta dos não residentes estava negativo em R$ 1,482 bilhão.

A saída de recursos estrangeiros se intensificou muito entre os dias 15, 16 e 17, quando o mercado estava tomado pelo pânico seguindo a falência do Lehman Brothers e nacionalização da seguradora AIG. Nesses três dias foram sacados quase de R$ 1 bilhão da Bovespa. Até a sexta-feira, dia 12, o saldo acumulado no mês era negativo em apenas R$ 484 milhões.

Apesar da forte instabilidade do mercado, a saída de recursos é inferior à registrada em meses anteriores. Em agosto, por exemplo, o saldo até o dia 18 era negativo em R$ 2,11 bilhões.

No acumulado de 2008, até o dia 17 de setembro, o saldo de negociação estrangeira estava negativo em R$ 17,5 bilhões.

"(Valor Online)"

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.