Publicidade
Publicidade - Super banner
enhanced by Google
 

Saldo comercial do Brasil com UE caiu 2,3 bi de euros em 2008

GENEBRA - O Brasil foi o país para o qual a União Europeia (UE) mais aumentou suas exportações em 2008, entre seus principais parceiros, conforme o Valor apurou junto à Comissão Europeia. Os europeus exportaram 23,4% a mais para o mercado brasileiro, enquanto suas importações provenientes do Brasil cresceram apenas 8% em relação ao ano anterior.

Valor Online |

No total, o Brasil exportou 35,5 bilhões de euros para a UE e importou 26,3 bilhões de euros, obtendo um saldo comercial de 9,2 bilhões de euros. Mas esse saldo foi inferior em 2,3 bilhões de euros em relação aos 11,5 bilhões de euros registrados em 2007. As estatísticas, ainda não publicadas, mostram que, desde abril do ano passado, o superávit comercial mensal do Brasil com a UE foi diminuindo, de 1 bilhão de euros naquele mês até ficar em apenas 600 milhões de euros em dezembro.

Sofrendo a maior recessão econômica dos últimos 50 anos, a UE deve cortar ainda mais as importações, ao mesmo tempo que procura turbinar suas exportações com subsídios, como no caso de lácteos, ou também em certas indústrias.

Bruxelas divulgou hoje cedo estimativa preliminar de déficit de 32,1 bilhões de euros no seu comércio exterior dos 16 países da zona do euro no ano passado. O déficit total para os 27 países-membros chega a 241,3 bilhões de euros.

(Assis Moreira | Valor Econômico para o Valor Online)

Leia tudo sobre: home

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG