Produção de soja deve alcançar 68,7 milhões de toneladas, 20,2% ou 11,5 milhões de toneladas a mais do que na safra anterior

A produção de grãos na safra 2009/2010 será recorde de 146,75 milhões de toneladas, resultado 8,6% maior do que os 135,13 milhões de toneladas do período anterior. A avaliação é da Companhia Nacional de Abastecimento (Conab) em seu 10º levantamento, divulgado hoje.

Os técnicos da estatal ressaltam que, com relação ao levantamento de junho (146,92 milhões de toneladas), houve redução de 168,4 mil de toneladas. O motivo é a correção na área de plantio e na produtividade do feijão terceira safra, prejudicado pelo clima no Estado da Bahia. A Conab estima que o feijão primeira safra já foi todo colhido, o de segunda safra está com 85% e o de terceira com 35%. No caso do arroz, a colheita já alcança 98%.

Entre os principais produtos, a Conab informa que para o milho segunda safra o crescimento previsto é de 11,9%, com um total de 19,41 milhões de toneladas. A produção total do cereal deverá atingir 53,46 milhões de toneladas, somadas a primeira e a segunda safras, com ganho de 4,8% em relação ao período passado. A colheita do milho primeira safra está quase no fim, enquanto o de segunda safra está em cerca de 30%.

A produção de soja deve alcançar 68,7 milhões de toneladas, 20,2% ou 11,5 milhões de toneladas a mais do que na safra anterior. Os técnicos da Conab foram a campo e ouviram representantes de cooperativas e sindicatos rurais, órgãos públicos e privados em todos os Estados, no período de 21 a 24 de junho. Para esta 10ª pesquisa não haverá entrevista coletiva aos jornalistas.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.