Tamanho do texto

Estimativa aponta que a produção nacional deve somar 145,9 milhões de toneladas em 2010, 0,1% maior que a estimativa de maio

A safra nacional de cereais, leguminosas e oleaginosas deve somar 145,9 milhões de toneladas em 2010, 8,9% maior que a obtida em 2009 (134,0 milhões de toneladas), 0,1% maior que a estimativa de maio (145,8 milhões de toneladas) e 36.342 toneladas inferior a safra recorde de 2008 (145,9 milhões de toneladas).

É o que indica a sexta estimativa do Levantamento Sistemático da Produção Agrícola (LSPA)1, de junho. A área a ser colhida em 2010, de 46,8 milhões de hectares, apresenta decréscimo de 0,9% frente à área colhida de 2009.

As três principais culturas: soja, milho e arroz, que respondem por 83,1% da área plantada, apresentam variações +7,2%, -6,7% e -6,0%, respectivamente, em relação ao ano anterior. Quanto à produção destes três produtos (91,0% do total produzido), o milho e a soja registram acréscimos de 4,4% e 19,4%, respectivamente, e o arroz retração de 10,4%.

O volume esperado para 2010 tem a seguinte distribuição regional: Região Sul, 62,5 milhões de toneladas; Centro-Oeste, 51,2 milhões de toneladas; Sudeste, 16,5 milhões de toneladas; Nordeste, 12,0 milhões de toneladas e Norte, 3,9 milhões de toneladas. O Paraná mantém a posição de maior produtor nacional de grãos, superando o Mato Grosso em 1,9 pontos percentuais.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.