Tamanho do texto

A companhia aérea irlandesa de baixo custo Ryanair fez uma oferta de compra de 748 milhões de euros (949 milhões de dólares) pela compatriota Aer Lingus, na qual já detém o controle de 29,82% do capital.

A Ryanair, que já havia apresentado uma oferta que foi rejeitada pela Aer Lingus, propõe 1,4 euro por cada ação desta última.

O projeto da Ryanair consiste em uma fusão das duas companhias aéreas em "um grupo irlandês sólido de propriedade comum", afirma um comunicado da empresa.

"Como todas as outras fusões na Europa, por exemplo Air France/KLM e Lufthansa/Swiss, as duas companhias vão operar como entidades separadas, com marcas distintas, conservando assim as melhores características de cada uma, como as tarifas baixas e a elevada pontualidade da Ryanair, e a cultura de serviço e operações de longa percurso da Aer Lingus", acrescenta o comunicado.

A Ryanair pretende ampliar para os Estados Unidos as operações da companhia, que atualmente opera na Europa e Marrocos.

od/fp

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.