O Serviço Federal Veterinário e Fitossanitário da Rússia comunicou ao Ministério da Agricultura a suspensão da importação de carne bovina de um frigorífico do Estado de Rondônia. Segundo a Secretaria de Defesa Agropecuária do ministério, o mercado brasileiro continua aberto para a exportação de carne bovina à Rússia, inclusive Rondônia.

Conforme a secretaria, as medidas corretivas no frigorífico em questão serão adotadas imediatamente com o objetivo de restabelecer as garantias sanitárias, conforme as normas vigentes entre os dois países.

Restrições da Rússia

O Serviço Federal de Controle Veterinário e Fitossanitário da Rússia, o Rosselkhoznadzor, anunciou hoje que a imposição de restrições temporárias à importação de carne de oito países, entre eles o Brasil, porque substâncias proibidas foram encontradas na carne oriunda desses países.

Com a medida, restrições temporárias serão impostas à importação de carne de algumas empresas da Dinamarca, França, Alemanha, Itália e Espanha a partir de hoje.

Os técnicos do Ministério da Agricultura disseram que a Rússia está exigindo para esse frigorífico um nível de controle da bactéria que não é exigido pelos demais países que importam carne do Brasil. O Ministério da Agricultura deve divulgar ainda hoje uma nota técnica sobre caso.

Leia mais sobre carne

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.