Moscou, 10 dez (EFE).- O ministro de Relações Exteriores da Rússia, Serguei Lavrov, afirmou hoje que se mantém inalterada a intenção de seu país de ingressar na Organização Mundial do Comércio (OMC).

"Apesar de, em alguns círculos, persistirem as dúvidas, a incorporação sem demora à Organização Mundial do Comércio continua sendo uma prioridade imutável da política externa russa", disse o chanceler russo a representantes da Associação Européia de Negócios.

Em seu discurso, transmitido ao vivo pelo canal de notícias "Vesti", Lavrov ressaltou que a crise econômica global não mudou os planos de Moscou de adesão à OMC e à Organização para a Cooperação e o Desenvolvimento Econômico (OCDE).

"Claro, é possível que em períodos de crise talvez seja melhor estar fora da OMC, mas nós olhamos ao futuro, somos conscientes de nossa responsabilidade internacional e, daí, que tenhamos uma posição de respeito à OMC e à OCDE", ressaltou.

Lavrov assinalou que Moscou vê na adesão a essas organizações uma das condições necessárias para melhorar a estrutura mercantil do comércio exterior e o Produto Interno Bruto e, por ali, um "meio que permitirá à Rússia ocupar seu devido lugar na divisão internacional do trabalho, na economia do futuro". EFE bsi/jp

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.