A Rússia reduzirá o fornecimento de gás natural a Ucrânia se Kiev não pagar as faturas ou se extrair sem autorização o combustível que passa por seu território com destino à Europa, afirmou o primeiro-ministro russo Vladimir Putin.

"Se nossos sócios não cumprirem com seus compromissos, reduziremos o fornecimento", afirmou Putin em referência a Ucrania, durante um programa de televisão no qual respondeu perguntas dos cidadãos russos.

cb/fp

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.