Publicidade
Publicidade - Super banner
enhanced by Google
 

Rússia quer influenciar nos preços do petróleo, diz Putin

A Rússia, um dos maiores produtores de petróleo do mundo, vai elaborar uma série de medidas para permitir ao país influenciar nos preços do ouro negro, declarou nesta segunda-feira o primeiro-ministro russo Vladimir Putin, citado pela agência Ria Novosti.

AFP |

"A Rússia, por ser um dos maiores exportadores e produtores de petróleo e de produtos derivados, não pode manter-se à margem da formação dos preços deste recurso natural, pelo que elaboraremos toda uma série de medidas que nos permitirão agir sobre a conjuntura do mercado", declarou Putin, em entrevista transmitida pela televisão local; mas ele não detalhou as iniciativas.

A declaração foi feita num contexto marcado por uma forte baixa dos preços do ouro negro nos últimos meses.

Na quarta-feira, o vice-primeiro-ministro russo, Igor Setchin, afirmou que a Rússia estava disposta a cooperar com os demais países produtores de petróleo para sustentar os preços do cru, embora continuasse sendo dona e senhora de sua produção.

"A Rússia é, atualmente, o primeiro ou o segundo país produtor de petróleo e tem o direito de determinar sua própria posição", declarou.

Numa tentativa de frear a vertiginosa queda dos preços, que se contraíram mais de 60% em quatro meses, a Organização de Países Exportadores de Petróleo (Opep) anunciou em 24 de outubro passado, em Viena, que reduziria sua produção em 1,5 milhão de barris diários.

uh/lbc/sd

Leia tudo sobre: home

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG