CINGAPURA - O presidente da Rússia, Dmitri Medvedev, pediu neste sábado aos membros do Fórum de Cooperação Econômica Ásia-Pacífico (Apec) que coordenem suas políticas econômicas para evitar uma nova crise econômica.

_CSEMBEDTYPE_=inclusion&_PAGENAME_=economia%2FMiGComponente_C%2FConteudoRelacionadoFoto&_cid_=1237573779064&_c_=MiGComponente_C

AP
Medvedev discursa no Apec

Medvedev discursa no Apec

"A coordenação de nossas políticas econômicas nacionais, especialmente sobre o controle e vigilância dos sistemas financeiros, é essencial para que não nos voltemos a ver uma situação de crise", disse Medvedev durante seu discurso em Cingapura.

Qualquer país deveria ter o direito de obter informação sobre os outros para avaliar não só suas ações mas também as de seus parceiros, pois "nossas iniciativas frequentemente podem ser neutralizadas pelos erros e políticas econômicas de outras nações", explicou o líder russo.

Medvedev também coincidiu com outros líderes do Apec em que o protecionismo é uma das maiores ameaças para a recuperação da crise e instou a promoção do livre-comércio e o relançamento das negociações para a liberalização da troca de bens da Rodada de Doha.

"O acesso dos países emergentes aos mercados internacionais é a garantia de seu futuro de desenvolvimento. É preciso eliminar todas as barreiras", disse o russo.

Com EFE

Leia mais sobre Rússia

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.