Publicidade
Publicidade - Super banner
enhanced by Google
 

Rússia promete deixar a Geórgia

SÃO PAULO - Após pressão conjunto dos países do G-7, a Rússia prometeu começar a retirar suas tropas da Geórgia a partir do meio-dia de hoje (hora local), mas alertou que pode manter tropas na região separatista da Ossétia do Sul, de maioria russa, pivô da crise entre os dois países. O presidente da Geórgia, Mikheil Saakashvili, disse que o país não cederá um quilômetro quadrado de seu território.

Valor Online |

A pressão contra a Rússia cresceu ontem, com a visita da primeira-ministra alemã, Angela Merkel, à Geórgia. Espero uma pronta e rápida retirada das tropas russas da Geórgia , disse ela. A Alemanha, que depende do gás importado da Rússia, é o principal aliado de Moscou na União Européia.

Merkel vinha sendo criticada por não pressionar publicamente Moscou a cumprir com o cessar-fogo. Forças russas continuaram a atuar ontem. Há dificuldade na distribuição de ajuda a refugiados.

(Valor Econômico)

Leia tudo sobre: home

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG