Publicidade
Publicidade - Super banner
enhanced by Google
 

Rússia proíbe importação de carne de frango dos EUA

A Rússia proibirá a partir de segunda-feira a importação de carne de frango de 19 empresas americanas e está estudando a possibilidade de acrescentar à lista outras 29, devido à falta de documentos que comprovem a segurança de seus produtos, indicou nesta sexta-feira o serviço russo de controle veterinário e fitossanitário (Rosselkhoznadzor).

AFP |

No total, 19 empresas americanas estão fora da lista de empresas americanas que têm direito de exportar carne de frango para a Rússia, indicou nesta sexta-feira um comunicado do Rosselkhoznadzor.

Horas antes, o primeiro-ministro Vladimir Putin mencionou a adoção destas restrições, durante entrevista ao canal de televisão americano CNN sobre as tensões entre a Rússia e o Ocidente provocadas pela crise na Geórgia. A Rússia é o maior mercado para a carne de frango americana.

Em seu comunicado, o Rosselkhoznadzor acusou as empresas americanas de não terem autorizado a entrada de seus inspetores para verificar o cumprimento das normas de segurança.

Moscou afirmou ainda que não recebeu o resultado de uma investigação sobre um excesso de resíduos de arsênico descoberto em um carregamento de carne de frango americana importada pela Rússia.

O Rosselkhoznadzor deu um mês ao serviço americano de segurança e inspeção dos produtos alimentícios (FSIS) para fornecer estes documentos, sem o qual a importação dos produtos de outras 29 empresas americanas, entre elas Tyson Foods, Peco Foods e Equity Group- será "limitada", segundo o texto.

Quinta-feira, Putin acusou Washington de ter orquestrado o conflito entre Rússia e sua vizinha, Geórgia, para conceder uma vantagem ao candidato republicano nas eleições presidenciais nos Estados Unidos, John McCain, uma tese rejeitada imediatamente pela Casa Branca.

ml/lm

Leia tudo sobre: home

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG