A gigante russa Gazprom pediu neste domingo à União Européia (UE) que vigie o trânsito de gás russo através da Ucrânia para a Europa, prometendo aumentar os volumes para compensar as perdas registradas na Ucrânia, informaram as agências russas.

"Já que os observadores da Gazprom não têm acesso aos sistemas de pressão das estações de bombeamento na Ucrânia, enviamos à Comissão Européia uma carta para propor que (a UE) vigie o tráfego dos volumes de gás que passam pela Ucrânia", declarou o porta-voz da Gazprom, Serguei Kuprianov, à televisão russa.

njc-bfi/ap

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.