Publicidade
Publicidade - Super banner
enhanced by Google
 

Rússia paralisa envio de gás para países europeus

A Rússia interrompeu nesta quarta-feira todo o envio de gás para clientes europeus que passa pelo território da Ucrânia, informou um porta-voz da empresa estatal de gás ucraniana Naftogaz. A Rússia interrompeu todo o trânsito pela Ucrânia às 3h44 (de Brasília), disse o porta-voz Valentin Zemlyansky.

Agência Estado |

 

"A Rússia deixou a Europa sem gás", acrescentou.

A decisão representa um aprofundamento severo da crise de gás Rússia-Ucrânia, que já fez com que 17 países europeus registrassem falta de gás desde ontem e ameaça causar mais interrupções durante o inverno na região.

A Rússia, maior fornecedora mundial de gás natural, acusa a Ucrânia de roubar gás destinado para a Europa, enquanto Kiev nega estar retirando gás e culpa Moscou por gerar a crise. Na segunda-feira, o primeiro-ministro da Rússia, Vladimir Putin, ordenou a gigante estatal de energia OAO Gazprom a reduzir o envio de gás via Ucrânia no volume equivalente ao que Moscou acusava Kiev de roubar.

As negociações entre os dois lados devem ser retomadas amanhã, à medida que a União Europeia fica cada vez mais preocupada com a crise, iniciada em 1º de janeiro quando a Rússia cortou o fornecimento de gás para o mercado doméstico ucraniano.

Cerca de 80% das exportações de gás da Rússia para a Europa passam pela Ucrânia. As informações são da Dow Jones.

Leia mais sobre gás

Leia tudo sobre: gás

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG