Publicidade
Publicidade - Super banner
enhanced by Google
 

Rússia não retomará fornecimento de gás até que UE assine acordo

A Rússia vai esperar até que a Comissão Europeia tenha assinado o acordo sobre o trânsito de gás pela Ucrânia e que este entre em vigor antes de retomar o fornecimento de gás para a Europa, declarou nesta segunda-feira o primeiro-ministro Vladimir Putin citado pela agência Itar-Tass.

AFP |

 

"O documento está a caminho de Bruxelas, onde deverá ser assinado pelos representantes da Comissão Europeia. Depois, os observadores independentes devem ir aos locais definidos pelo documento e, uma vez estejam em seus postos de controle e estejam certos de que podem medir o trânsito do gás natural, a Gazprom fará circular o gás no sistema de transporte da Ucrânia para a Europa", acrescentou.

Antes, através de seu porta-voz, Putin afirmou que a gigante do gás russa Gazprom está pronta para retomar o fornecimento à Europa, desde que a Ucrânia cumpra as condições que permitam o trânsito do combustível.

"A Gazprom está pronta e disposta, e insiste em retomar o trânsito o mais rápido possível, desde que a Ucrânia cumpra as condições sobre o controle da passagem do combustível por seu território", declarou Dmitri Peskov à imprensa.

Leia mais sobre: gás na Europa  

Leia tudo sobre: gás

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG