Publicidade
Publicidade - Super banner
enhanced by Google
 

Rússia não fechará mercado aos investidores estrangeiros, diz Putin

A Rússia não fechará seu mercado aos investidores estrangeiros, garantiu nesta quinta-feira o primeiro-ministro Vladimir Putin, ao mesmo tempo em que tentou aplacar os temores sobre a economia nacional.

AFP |

"Nossa política permanece sem mudanças. Não haverá nenhum fechamento dos mercados", assegurou Putin, durante uma reunião com empresários estrangeiros, citado pela agência de notícias Interfax.

O premier russo insistiu em que seu governo não tomará "nenhuma decisão sobre suas relações econômicas motivada politicamente".

Em paralelo, Putin, ex-presidente da Rússia (2000-2008), afirmou que os indicadores "fundamentais" da economia nacional estão dentro da "normalidade", apesar de o sistema financeiro russo estar mergulhado no que parece ser uma de suas piores crises da última década.

Putin avaliou que o atual preço do petróleo é "cômodo" para a Rússia e não descartou apoiar, no futuro, o mercado financeiro em dificuldades, recorrendo à receita procedente das exportações de hidrocarbonetos.

"Não acho que tenha chegado o momento de gastar as receitas de petróleo, nem de gás, mas, se for necessário, podemos utilizá-las para apoiar o mercado financeiro", destacou.

Em uma reunião extraordinária realizada nesta quinta-feira, o presidente russo, Dimitri Medvedev, ordenou a seu governo que tome as medidas necessárias para apoiar o sistema financeiro do país.

mp/tt

Leia tudo sobre: home

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG