São Paulo - Produtores rurais de Araçatuba (SP) organizam o "abril verde", evento que pretende reunir 2 mil ruralistas em contraponto ao "abril vermelho", onda de ocupações do Movimento dos Sem-Terra (MST) programada para o próximo mês. Segundo o Sindicato Rural da Alta Noroeste (Siran), o "abril verde" pretende ser o "maior encontro de produtores rurais do Estado de São Paulo", no dia 10, em Araçatuba.

São Paulo - Produtores rurais de Araçatuba (SP) organizam o "abril verde", evento que pretende reunir 2 mil ruralistas em contraponto ao "abril vermelho", onda de ocupações do Movimento dos Sem-Terra (MST) programada para o próximo mês. Segundo o Sindicato Rural da Alta Noroeste (Siran), o "abril verde" pretende ser o "maior encontro de produtores rurais do Estado de São Paulo", no dia 10, em Araçatuba. A programação inclui palestras sobre temas como Código Florestal e reforma agrária. O ex-ministro da Agricultura Roberto Rodrigues será um dos palestrantes. O líder do MST José Rainha Júnior se reuniu com diretores do Siran e prometeu que durante o "abril vermelho" não haverá nenhuma ocupação de fazenda em Araçatuba. Segundo ele, haverá apenas a instalação de acampamentos, cujo objetivo será pressionar o Incra a apressar a reforma agrária em propriedades de outras regiões do Estado. As informações são do jornal <b>O Estado de S. Paulo</b>.
    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.