Tamanho do texto

La Paz, 26 nov (EFE).- A Bolívia aumentou temporariamente o volume de gás natural enviado à Argentina até que seja consertado o gasoduto que vai ao Brasil, afetado pelas intensas chuvas que atingem o sul, informou hoje uma fonte oficial.

O ministro de Hidrocarbonetos boliviano, Saúl Ávalos, disse à imprensa que nesta terça-feira a Bolívia enviou seis milhões de metros cúbicos de gás natural à Argentina, quase o triplo dos 1,7 milhão que de média.

Ávalos informou também que é possível que nos próximos dias o envio de gás à Argentina seja inclusive maior, já que, segundo ele, o "Brasil vai demorar algumas semanas para solucionar seus problemas".

O gasoduto que une a Bolívia com o sul do Brasil se rompeu esta semana pelas fortes chuvas que afetaram o país e que até o momento deixaram pelo menos 84 mortos e cerca 54 mil desabrigados. EFE az/rr

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.