Publicidade
Publicidade - Super banner
enhanced by Google
 

Rumor de novo pacote ajudou bolsas nos EUA ontem

SÃO PAULO - As bolsas de Nova York reduziram as perdas e inverteram o rumo na reta final dos negócios ontem, sob impacto de notícia, não confirmada oficialmente, de que o governo americano está trabalhando em um pacote específico para subsidiar o setor hipotecário - origem da atual crise financeira internacional - dos Estados Unidos. O índice Dow Jones encerrou o dia com uma redução do ritmo de desvalorização no final e caiu 0,09%, para 7.

Valor Online |

932 pontos. O Standard & Poor´s 500 encerrou aos 835 pontos, com alta de 0,17% em relação ao pregão de ontem. O eletrônico Nasdaq ganhou 0,73%, para 1.541 pontos.

O mercado vê com bons olhos a possibilidade de o governo procurar sanear o setor hipotecário do país, onde foi detectada a primeira fonte da crise - o crédito subprime - e onde a inadimplência tende a aumentar com a desaceleração econômica do país.

Entre as ações de destaque, as da Coca-Cola registrou ganho de 7,56% depois que a empresa divulgou ter obtido lucro no mercado europeu e redução de custos no último trimestre do ano passado.

As bolsas europeias encerraram com perdas, sob impacto de resultados corporativos frustrantes e percepção ainda negativa em relação ao andamento da economia.

O principal indicador de blue chips do continente, o Eurofirst 300, encerrou o pregão em baixa de 1,45%, aos 791 pontos.

O Financial Times 100, da Bolsa de Londres, fechou com queda de 0,76%, para 4.208 pontos. Em Frankfurt, o DAX cedeu 2,70%, para 4.407 pontos. O CAC 40, de Paris encerrou aos 2.964 pontos, em baixa de 2,09%. Também caíram os principais índices das bolsas de Milão (1,89%) e de Madri (1,85%).

Dados divulgados mostraram que a produção industrial na Zona do Euro caiu 12% em dezembro. A queda nas bolsas dos Estados Unidos também ajudou a azedar o humor.

Os agentes ainda estão muito céticos em relação aos planos de incentivo à economia e de resgate a bancos, apresentados nesta semana pelo governo dos EUA e que ainda restam ser detalhados para melhor compreensão da execução.

No âmbito corporativo, a queda de destaque do dia foi da BT Group, cujas ações caíram 7,78% após a empresa de telecomunicações anunciar queda de 73% no lucro do quarto trimestre em relação ao terceiro trimestre de 2008.

Em Paris, as ações da Electricité de France cederam 7,04% após também reportar baixa de 39% no lucro trimestral, devido a aumento de provisionamentos.

No setor de tecnologia, os papéis da Cap Gemini declinaram 9,15% em Paris, afetados também por um lucro 19% menor na segunda metade de 2008, de ? 220 milhões.

No setor bancário, as ações do Fortis cederam 16,9% após bloqueio da venda de alguns ativos para o BNP Paribas, cujos papéis cederam 5,47%. Caíram ainda 3,31%, em Londres, as ações da Diageo, empresa das marcas de bebidas Guiness e Smirnoff, que reduziu as previsões de lucro para este ano devido à perspectiva de redução da demanda.

(Valor Econômico, com agências internacionais)

Leia tudo sobre: home

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG