Tamanho do texto

Paris, 9 abr (EFE).- A organização Repórteres Sem Fronteiras (RSF) denunciou hoje o desaparecimento de Ramón Ángeles Zalpa, correspondente do jornal "Cambio de Michoacán", o décimo jornalista desaparecido no México desde 2003.

Paris, 9 abr (EFE).- A organização Repórteres Sem Fronteiras (RSF) denunciou hoje o desaparecimento de Ramón Ángeles Zalpa, correspondente do jornal "Cambio de Michoacán", o décimo jornalista desaparecido no México desde 2003. Em comunicado, a RSF lembra que ninguém sabe nada sobre ele desde a terça-feira passada, quando saiu de sua casa rumo à Universidade Pedagógica Nacional, onde era professor. Segundo a organização de defesa da liberdade de imprensa, a família do jornalista denunciou seu desaparecimento no dia seguinte perante o Ministério Público de Paracho, cidade onde Zalpa trabalhava como correspondente do jornal há dez anos. A Procuradoria do Estado de Michoacán confirmou à RSF que iniciou uma operação de busca na região de Paracho para tentar localizá-lo. EFE pi/ma
    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.