Publicidade
Publicidade - Super banner
enhanced by Google
 

RS arremata em leilão 100% dos contratos de trigo

Os produtores e cooperativas do Rio Grande do Sul arremataram hoje todos os 3.705 contratos de opção de venda pública oferecidos para trigo do Estado em leilão realizado pela Companhia Nacional de Abastecimento (Conab).

Agência Estado |

No Paraná, onde a oferta era de 2 mil contratos, apenas 44 foram arrematados, ou 2,2% do total. Não houve interesse pelos 75 contratos oferecidos em Goiás, pelos 150 do Mato Grosso do Sul nem pelos 180 contratos de Minas Gerais. Houve demanda por 78 dos 500 contratos de trigo oferecidos em São Paulo. No total, a oferta era de 6.610 contratos de 27 toneladas, tendo sido negociados 3.927 contratos, ou 57,90% do total.

O forte interesse dos produtores gaúchos na negociação se deve ao fato de que este foi o primeiro leilão em que a produção do Estado foi contemplada. Tradicionalmente, a safra de trigo do Rio Grande do Sul é a que sofre maior pressão na comercialização. Além de estar mais distante dos centros consumidores, o Estado produz essencialmente trigo soft, usado pelas indústrias de massas e biscoitos, menos valorizado que o trigo paranaense, destinado à panificação.

Os compradores desses contratos decidirão na data do exercício - 31 de março de 2009 - se irão vender o cereal para o governo, ao preço de R$ 530/t para o trigo gaúcho e de R$ 590/t para o paulista, ou se negociam no mercado de lotes. A decisão levará em conta o preço que o mercado estiver pagando na ocasião.

Leia tudo sobre: home

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG