Publicidade
Publicidade - Super banner
enhanced by Google
 

Rodoanel valorizou cidades vizinhas

A ida para loteamentos no entorno da cidade de São Paulo tem sido uma opção recorrente entre aqueles que procuram imóvel novo e fazem questão de morar numa casa, mesmo que isto implique em percorrer maiores distâncias na rotina diária. Na escolha do imóvel, o critério número um é a localização, a facilidade para chegar, se deslocar da moradia.

Agência Estado |

O segundo, segurança; o terceiro, serviços; e o quarto seria uma reunião de todos os três, que é a qualidade de vida", explica Fábio Rossi Filho, diretor da imobiliária Itaplan.

Nesta hierarquia de critérios elaborada pelo executivo, as cidades do entorno de São Paulo estariam perdendo no quesito localização, não fosse um fator importante: a presença do Rodoanel. Para ele, ao ligar as Rodovias Raposo Tavares, Castelo Branco, Fernão Dias, Bandeirantes e Anhangüera, a obra viária tornou os moradores destas regiões mais próximos de São Paulo. "Virou uma segunda Marginal, trouxe acessibilidade."

A gerente de marketing da empresa Alphaville Urbanismo, Gabriela Procópio, afirma que o Rodoanel contribui para a valorização da região de Barueri. "Agregou valor, facilitou o acesso para quem vem do interior."

Mas obviamente, quem tem de enfrentar todos os dias as Marginais e as Rodovias para se locomover do trabalho para casa sabe dos transtornos provocados pelo trânsito. Porém, Rossi Filho acredita que, muitas vezes, quem mora em cidades vizinhas consegue chegar em casa até mais rápido do que quem mora dentro de São Paulo.

O que faz muita gente se mudar para longe das áreas centrais em grande parte dos casos tem a ver com a idéia de qualidade de vida e tranqüilidade para criar os filhos pequenos. "Sempre é melhor para brincar. Aqui minhas filhas têm liberdade para ir pra rua, andar de bicicleta", ressalta Eliane Álvares, moradora do recém-entregue condomínio Tamboré 11, onde por enquanto só há quatro casas habitadas.

Embora morasse antes numa casa no City América, bairro nobre da zona sul de São Paulo, a gerente financeira tinha o sonho de morar num condomínio fechado. "Trabalhei em Alphaville por muito tempo, sempre quis vir morar nesta região." Há quatro anos, foi para lá, onde também já morou no Tamboré 7.

Infra-estrutura

Eliane não reclama de problemas com locomoção. "Acho que aqui tem tudo. Tem todos os supermercados, médicos, o que é um facilitador para se locomover. Tem segurança, tranqüilidade, qualidade de vida melhor." O segredo é que ela concentra a maioria das atividades diárias na própria região.

Leia tudo sobre: home

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG