Publicidade
Publicidade - Super banner
enhanced by Google
 

Rodízio de caminhões altera pico de lentidão

No segundo dia de rodízio para caminhões nas Marginais e na Avenida dos Bandeirantes, o trânsito no horário de pico da manhã diminuiu. Mas os índices aumentaram logo após o fim da restrição, às 10 horas, e seguiram em alta até as 17 horas.

Agência Estado |

O horário de pico da manhã de ontem, por exemplo, foi às 11 horas, quando havia 39 quilômetros de lentidão. Às 16 horas, uma hora antes do início do rodízio à tarde, a morosidade ficou em 58 quilômetros.

O Secretário dos Transportes e presidente da Companhia de Engenharia de Tráfego (CET), Alexandre de Moraes, mandou analisar os dados. "Temos duas possibilidades. A primeira é a de que os caminhoneiros estão cumprindo a lei. A segunda é a de que há um volume maior de transporte de carga no período diurno", afirmou.

Para Moraes, "não houve esse represamento (das 10 às 17 horas)". Ele citou os índices de 25 e de 46 quilômetros, respectivamente, registrados às 15 horas de anteontem, dia que o rodízio entrou em vigor, em comparação com o tráfego em 30 de julho de 2007. "A idéia, não só da zona de restrição como do rodízio, é uma melhora na fluidez de até 15%, que se comprova bem melhor do que esperávamos, e um espalhamento de tráfego pela cidade nos horários entre picos", afirmou.

Na média, repetiu-se o desempenho do dia anterior. Segundo números divulgados à noite pela CET, o nível médio de congestionamento registrado ficou em 45km, extensão 38% inferior à média da última terça-feira de julho de 2007. Se comparada com a média das terças-feiras de julho do ano passado, a extensão do engarrafamento diminuiu 32%, considerando apenas as três últimas terças, após o restabelecimento do rodízio municipal de veículos. Ao longo do dia, a maior redução foi às 20 horas: 49 km de lentidão, ante 102 km na média das terças-feiras de julho do ano passado.

Quem se desloca na "janela" em que todos os veículos estão liberados para circular, porém, acredita que o trânsito aumentou, como o cabeleireiro Ivan Stringhi, de 26 anos. Ele mora em Moema, na zona sul, e passa pelas Avenidas 23 de Maio e Radial Leste para chegar ao Tatuapé, na zona leste, onde trabalha. "A Radial passou a ter trânsito quase o dia todo."

"Apesar de ter visto na mídia esses dados, ainda não consegui perceber uma melhora por essa medida", disse o ginecologista Walter Sanches, de 50 anos. Ele mora no Tatuapé, zona leste, e trabalha no Itaim, na zona sul. "O trânsito está bom em relação a junho, a maio, mas por causa das férias. Talvez em agosto dê para sentir se a medida é eficaz."

Multa

A multa por desrespeito ao rodízio municipal de veículos é de R$ 85,13. Nos dois primeiros dias de restrição, 1.382 caminhões haviam sido multados, quase 2 por minuto. A fiscalização é feita por 125 agentes nas vias que delimitam o Anel Viário e por 25 radares de Leitura Automática de Placas (LAP), que já flagram automóveis.

Leia tudo sobre: home

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG