Publicidade
Publicidade - Super banner
enhanced by Google
 

Ritmo de aumento da arrecadação perdeu força em 2008

O ritmo de crescimento da arrecadação da Receita Federal em 2008 perdeu força. Enquanto em 2007 a arrecadação teve um crescimento real de 11,09%, em 2008 a alta foi de 7,68%.

Agência Estado |

Ao longo do ano passado, a arrecadação das receitas administradas foi diminuindo. As receitas administradas começaram o ano com um crescimento de 20,49% e fecharam dezembro em 6,81%, no acumulado dos 12 meses. O resultado ficou abaixo, inclusive, das últimas previsões do secretário-adjunto da Receita, Otacílio Cartaxo, que previa uma alta em torno de 9% no ano das receitas administradas.

Nos últimos dois meses de 2008 (novembro e dezembro), a arrecadação apresentou queda real em relação ao mesmo período de 2007. Em novembro, a queda foi de 2,13% e em dezembro, o desempenho foi ainda mais desfavorável, com uma queda de 4,58%. A arrecadação do final de 2008 foi influenciada pela desaceleração do ritmo de crescimento econômico, que tem impacto nos tributos. Sazonalmente, a arrecadação de dezembro, em relação a novembro, é favorecida pela tributação do 13º salário e a apuração semestral do Imposto de Renda Retido na Fonte sobre rendimentos de capital, decorrente de aplicações financeiras em fundos de investimento. O imposto de renda sobre esses investimentos só é cobrado duas vezes são ano: junho e dezembro, o que ajuda a "engordar" as receitas nesses dois meses do ano.

Leia tudo sobre: home

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG