Publicidade
Publicidade - Super banner
enhanced by Google
 

Risco de fracasso faz OMC abandonar Doha este ano

O diretor-geral da Organização Mundial de Comércio (OMC), Pascal Lamy, desistiu dos planos de retomar as negociações para tentar concluir a Rodada Doha ainda neste ano por causa do inaceitável risco de fracasso, que poderia prejudicar todo o sistema do comércio mundial. Na minha opinião, chamar os ministros para tentar concluir a Rodada até o final do ano implicaria um risco inaceitável de fracasso, que poderia prejudicar não apenas Doha, mas também todo o sistema da OMC, disse Lamy em um comunicado aos 153 países que fazem parte da organização.

Agência Estado |

Depois de discussões realizadas no final de semana passado, Lamy pretendia iniciar amanhã a rodada de reuniões ministeriais para tentar concluir a Rodada Doha sobre livre comércio, lançada em 2001 no Catar. Na última terça-feira, porém, ele desistiu da data por falta de consenso entre os países sobre itens sensíveis - de agrícolas a serviços - das negociações. Na ocasião, ele disse que as reuniões poderiam ser realizadas entre os dias 17 e 19 de dezembro, se um acordo preliminar fosse alcançado, o que não foi possível. As informações são da Dow Jones.

Leia tudo sobre: home

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG