Publicidade
Publicidade - Super banner
enhanced by Google
 

Rio Tinto ameaça partir para o mercado à vista

A mineradora australiana Rio Tinto sinalizou sua intenção de sair dos tradicionais contratos de longo prazo, com negociações anuais de preço, e em vez disso aumentar a quantidade de vendas tanto no mercado à vista como nos chamados contratos híbridos, nos quais os preços são atualizados regularmente. A informação é do jornal Financial Times, que cita o diretor-executivo da divisão de minério de ferro da companhia, Sam Walsh.

Agência Estado |

O executivo disse nesta segunda-feira ao Instituto Australiano de Diretores de Empresas que os contratos de longo prazo não representam o valor de mercado e que ele espera negociações anuais ainda mais difíceis. "Não estamos planejando basear mais negócios nos contratos de longo prazo tradicionais", declarou Walsh. "A diferença entre os preços dos contratos de longo prazo e o preço à vista é injusta para os produtores de minério de ferro."

As negociações de preço do minério para 2009 devem começar no final de outubro ou no início de novembro. Há uma semana, siderúrgicas chinesas se reuniram para discutir como substituir o minério de ferro que compram da Vale, depois de a mineradora brasileira ter proposto um reajuste fora do ciclo anual de negociação. As informações são da Dow Jones.

Leia tudo sobre: home

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG