Publicidade
Publicidade - Super banner
enhanced by Google
 

Rio tem todas as condições para sediar Jogos Olímpicos, crê Lula

BRASÍLIA - Depois de participar da cerimônia de abertura dos Jogos Olímpicos 2008, em Pequim, na última sexta-feira, o presidente Luiz Inácio Lula da Silva disse hoje que o Rio de Janeiro está preparado para vencer a candidatura contra as cidades de Tóquio, Chicago e Madri para receber os Jogos Olímpicos de 2016.

Valor Online |

O Rio de Janeiro tem todas as condições de ganhar. Por isso fomos lá, para ter reuniões com dirigentes do Comitê Olímpico, com dirigentes de outros Estados. Para ter uma noção mais exata do que significa a construção de todo um programa para que um país possa fazer uma Olimpíada.

Em seu programa semanal Café com o Presidente, Lula rebateu críticas de altos gastos para o país, caso conquiste o direito de sediar os Jogos Olímpicos de 2016 e avaliou que é importante saber o que se ganha antes, durante e após sediar a competição.

É preciso saber os investimentos que virão para o país e em que isso resultará. Por isso, fui lá e voltei convencido de que o Brasil precisa brigar muito.

Sobre a conversa oficial com o presidente do Comitê Olímpico Internacional, Jacques Rogge, Lula afirmou que o dirigente já tem conhecimento das possibilidades brasileiras e do que o Rio de Janeiro pode fazer. O presidente ressaltou ainda que não apenas o governo federal mas também os estados e os municípios precisam assumir compromissos para que a candidatura seja aprovada.

É importante olhar o Rio de Janeiro com olhar de futuro, ou seja, imaginar o que será o Brasil em 2016, a economia continuando a crescer, os mais pobres deixando de ser pobres e passando para a classe média, mais educação, mais saneamento básico, mais estrutura urbana, melhor transporte, mais segurança. Foi uma conversa muito franca e acho que é com essa franqueza que eu pretendo conversar com muitos chefes de Estado para pedir apoio.

Diante das comparações com as outras três cidades candidatas a sediar os Jogos Olímpicos de 2016 - todas localizadas em países desenvolvidos - Lula afirmou que a competição não foi criada para ser jogada apenas em países ricos. Ele garantiu que vai iniciar uma campanha para que a recepção de cada chefe de Estado no Brasil, bem como cada visita feita por ele a outros países, sejam pautadas pelo convencimento para a aprovação da candidatura brasileira.

É importante que, aqui no Brasil, a gente tenha a clareza de que a gente pode ganhar. Tivemos os Jogos Pan-americanos que foram um sucesso extraordinário, vamos ter, em 2011, as Olimpíadas Militares com 6 mil atletas e vamos ter a Copa do Mundo em 2014. Tudo isso é uma seqüência de preparação para que a gente possa chegar em 2016 com todas as condições de fazer uma Olimpíada inesquecível.

Ao presidente do Comitê Olímpico Internacional, Lula disse ter prometido que será cabo eleitoral durante todo o período em que permanecer como presidente para que o Rio de Janeiro conquiste o direito de sediar os Jogos Olímpicos em 2016.

(Agência Brasil)

Leia tudo sobre: home

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG