SÃO PAULO - A terça-feira concentra os principais eventos da agenda de indicadores da semana. Por aqui, é conhecido o Índice de Preços ao Consumido Amplo - 15 (IPCA-15) de setembro.

SÃO PAULO - A terça-feira concentra os principais eventos da agenda de indicadores da semana. Por aqui, é conhecido o Índice de Preços ao Consumido Amplo - 15 (IPCA-15) de setembro. Nos Estados Unidos, o Federal Reserve (Fed), banco central, apresenta sua decisão de política monetária. A semana também marca o fechamento dos pedidos de reserva para a oferta da Petrobras, no dia 22, e a precificação das ações da estatal, que acontece no dia 23. Vale lembrar que o preço será fixado em dólar e depois convertido em reais. Hoje, a agenda traz apenas o Boletim Focus, do Banco Central, (BC) e o comportamento semanal da balança comercial. Na terça-feira, além do IPCA-15 e do Fed, os investidores recebem uma nova prévia do Índice Geral de Preços - Mercado (IGP-M), a nota externa do BC e dados sobre a construção de novas moradias nos EUA. Na quarta-feira, a atenção fica com a nota de política monetária e crédito e o fluxo cambial semanal. Na quinta, o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) divulga a taxa de desemprego de agosto. A semana encerra com dados sobre o setor imobiliário americano e discurso do presidente do Fed, Ben Bernanke.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.