Publicidade
Publicidade - Super banner
enhanced by Google
 

Resultados e vendas de casas elevaram bolsas internacionais ontem

SÃO PAULO - Os bons resultados trimestrais de empresas farmacêuticas e um dado animador sobre o mercado imobiliário americano favoreceram as compras de ações nas bolsas de valores nova-iorquinas no pregão de ontem. O Dow Jones Industrial subiu 1,8%, para 8.078 pontos.

Valor Online |

O Standard & Poor´s 500 avançou 1,6%, para 838 pontos. O Nasdaq Composite marcou valorização de 1,5% e encerrou aos 1.516 pontos.

Boa parte do otimismo foi gerado pelo balanço da farmacêutica Merck & Co, que teve lucro líquido de US$ 1,644 bilhão no quarto trimestre de 2008. A congênere Schering-Plough, por sua vez, informou ganho trimestral antes de itens extraordinários de US$ 633 milhões. As ações subiram 6,4% e 8,2%, respectivamente.

No plano macroeconômico, o impulso saiu do dado sobre as vendas pendentes de moradias nos Estados Unidos, que cresceram 6,3% em dezembro em comparação com um mês antes. O indicador, divulgado pela Associação Nacional dos Corretores de Imóveis dos EUA, é calculado com base nos contratos assinados, que normalmente antecedem o fechamento da venda em um ou dois meses.

Além disso, os investidores também receberam bem um discurso do novo secretário do Tesouro dos EUA, Timothy Geithner. Ele prometeu que o governo vai ser " agressivo " ao tomar medidas para combater a crise, para evitar uma recessão prolongada como a vivida pelo Japão nos anos 1990.

As bolsas de valores da Europa fecharam em alta puxadas pelo desempenho da Vodafone, que garantiu o avanço do setor de telecomunicações. Os dados sobre o setor de moradia dos Estados Unidos também contribuíram para a melhora do mercado.

O índice FTSEurofirst 300, que acompanha as principais ações europeias, encerrou o pregão com valorização de 1,88%, aos 791 pontos, depois de ter caído 0,9%. O indicador teve desvalorização de 2,4% na sessão anterior e amargou uma perda de 45% em 2008.

O setor telecomunicação foi o que mais se valorizou, à medida que a Vodafone, o maior grupo de telefonia móvel do mundo em vendas, subiu 7% depois que a companhia elevou suas estimativas para este ano e superou suas previsões de receita no terceiro trimestre. A Deutsche Telekom e a France Telecom também subiram 5,41% e 4,24%, respectivamente.

Em Londres, o índice Financial Times fechou em alta de 2,13%, a 4.164 pontos. Em Frankfurt, o DAX avançou 2,43%, para 4.374 pontos. Em Paris, o CAC-40 subiu 1,79%, para 2.982 pontos. Em Milão, alta de 1,10%, a 14.093 pontos. Em Madri, avanço de 1,56%, para 8.361 pontos. Em Lisboa, valorização de 0,57%, para 6.373 pontos.

(Valor Econômico, com agências internacionais)

Leia tudo sobre: home

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG