Publicidade
Publicidade - Super banner
enhanced by Google
 

Reservas de petróleo dos EUA têm queda de 1,9 milhão de barris

Washington, 4 set (EFE).- As reservas de petróleo dos Estados Unidos tiveram uma queda de 1,9 milhão de barris na semana passada e ficaram em 303,9 milhões, anunciou hoje o Departamento de Energia americano.

EFE |

Na semana anterior as reservas chegaram a 305,8 milhões de barris, no entanto, a agência informou que com esta queda de 0,6% estava dentro da média nesta época do ano.

Minutos depois do anúncio das reservas, os contratos do Petróleo Intermediário do Texas (WTI, leve) com vencimento em outubro eram negociados a US$ 108,77 por barril (159 litros), frente aos US$ 109,35 do fechamento da quarta-feira Os especialistas discordavam esta semana em suas previsões, pois estavam à espera de analisar o impacto do furacão "Gustav", que atingiu à costa do Golfo do México, onde estão as plataformas petrolíferas do país.

No que se refere às reservas de gasolina, o relatório afirma que diminuíram um milhão de barris, com o qual chegariam a 194,4 milhões, em comparação aos 195,4 milhões da semana anterior.

Na Bolsa Mercantil de Nova York, a gasolina para entrega em outubro era negociada por US$ 2,7226 por galão (3,78 litros), em comparação aos US$ 2,7668 com os quais acabou o pregão na última quarta.

As reservas de combustível para calefação tiveram uma diminuição de 400 mil barris e chegaram ao total de 131,7 milhões de barris.

O gasóleo de calefação para entrega em outubro também diminuía e era negociado por US$ 3,0426 o galão, em comparação aos US$ 3,0788 com os quais terminou o pregão anterior.

O relatório também afirmou que na semana passada as refinarias petrolíferas nos EUA operaram com 88,7% de sua capacidade em comparação a um uso de 87,3% da semana anterior.

Estes números excluem a Reserva Estratégica de Petróleo do Governo dos EUA, que conta com 707,2 milhões de barris.

O total de reservas de petróleo e produtos refinados nos Estados Unidos, incluída a Reserva Estratégica, alcançou na semana passada 1,697 bilhão de barris diante do 1,700 bilhão de barris da semana anterior. EFE elv/fal

Leia tudo sobre: home

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG