As reservas cambiais cresceram US$ 23,2 bilhões de janeiro a julho deste ano, saindo de US$ 180,334 bilhões ao fim de dezembro de 2007 para US$ 203,562 bilhões em julho último. Previsão corrigida do Banco Central (BC) aponta para reservas da ordem de US$ 207,03 bilhões até dezembro, superior aos US$ 204,9 bilhões da expectativa informada em junho.

Somente em julho, as reservas aplicadas no exterior geraram receitas de US$ 731 milhões, acumulando rendimentos no valor de US$ 5,87 milhões no ano.

As compras de moeda estrangeira pela autoridade monetária no mercado doméstico foram de US$ 1,7 bilhão no mês passado, acumulando nos primeiros sete meses do ano US$ 16,9 bilhões. O valor é inferior a um terço das aquisições em igual período de 2007, quando totalizaram US$ 63,9 bilhões.

Dados divulgados nesta quinta-feira apontam que o Tesouro Nacional já adquiriu no mercado interno a soma de US$ 6,206 bilhões no ano até julho, em câmbio contratado para o pagamento de dívida externa. A previsão para essas contratações no segundo semestre é de um volume adicional de US$ 1,098 bilhão, elevando o total para US$ 7,304 bilhões no ano.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.