Publicidade
Publicidade - Super banner
enhanced by Google
 

Republicanos proeminentes rejeitam princípio de acordo com democratas

Washington, 25 set (EFE) - Republicanos proeminentes rejeitaram hoje o princípio de acordo alcançado por um grupo de líderes de seu partido e do Democrata sobre o pacote de resgate financeiro proposto por Washington, o que o deixa por enquanto em suspenso. Richard Shelby, o republicano mais destacado do Comitê de Bancos do Senado, jogou por terra o clima de otimismo depois do anúncio do princípio de acordo, horas antes. Não temos um acordo. Ainda há um montão de opiniões, destacou Shelby à imprensa na Casa Branca, enquanto no interior do local o presidente americano, George W.

EFE |

Bush, se reunia com líderes de ambas as Câmaras e com os candidatos presidenciais, o democrata Barack Obama e o republicano John McCain.

Da mesma forma, o líder dos republicanos na Câmara de Representantes, John Boehner, disse em comunicado: "Os republicanos da Câmara (Baixa) não disseram sim a nenhum acordo neste momento".

Boehner pediu para continuar as conversas até que cheguem "a um acordo que seja aceitável para os dois partidos e, o que é mais importante, que favoreça os interesses dos contribuintes americanos".

Suas declarações contrastam com os comentários positivos feitos pelos outros líderes republicanos que se reuniram com seus colegas democratas no Capitólio para chegar ao princípio de acordo.

Depois desse encontro, o senador republicano Robert Bennett disse: "Prevejo que teremos um plano que possa ser aprovado pela Câmara Baixa e o Senado, e ser assinado pelo presidente e que traga um sentimento de certeza a esta crise". EFE cma/db

Leia tudo sobre: home

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG