A primeira empresa de petróleo espanhola, Repsol YPF, afirmou nesta sexta-feira que mantém a esperança de chegar a um acordo com o Equador, depois de o governo de Quito ter anunciado o fim do contrato com a companhia, declarou nesta sexta-feira um porta-voz à AFP.

"Não demos por encerradas as negociações e seguimos com a esperança de chegar a um acordo", afirmou ele à AFP.

A Repsol YPF reagiu desta maneira ao anúncio equatoriano de que dá por concluído o contrato que permitia à empresa espanhola extrair 60.000 barris diários de petróleo, após o fracasso das negociações para modificar o acordo.

fz-gr/sd

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.