Tamanho do texto

Madri, 16 out (EFE).- Repsol YPF confirmou suas expectativas sobre a jazida de gás descoberta na Venezuela, que calcula-se que pode abrigar reservas recuperáveis de gás de entre 1 e 1,4 bilhão de barris equivalentes de petróleo.

Em comunicado, a companhia petrolífera lembrou hoje que Pérola 1X é o achado de gás mais importante tanto da história da Venezuela como da companhia energética, que opera com a italiana Eni no consórcio descobridor.

Para a fase de desenvolvimento do bloco, a companhia petrolífera estatal venezuelana PDVSA adquirirá 35% do consórcio, no qual Repsol e Eni manterão um 32,5% cada uma.

O poço Pérola 1X tem uma profundidade total de 3.147 metros em uma lâmina de água de 60 metros e as provas de produção deram como resultado 570 mil metros cúbicos de gás ao dia e 620 barris de petróleo ao dia, restringido pelas especificações da instalação.

O descobrimento foi qualificado pelo serviço de informação especializada de hidrocarbonetos IHS como um dos cinco maiores realizados no mundo em 2009. EFE atm/fk

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.