Publicidade
Publicidade - Super banner
enhanced by Google
 

Representação aprova ingresso da Venezuela no Mercosul

A Representação Brasileira no Parlamento do Mercosul aprovou hoje, por nove votos a quatro, o ingresso da Venezuela no Mercosul. A entrada do país latino no bloco depende ainda da aprovação na Comissão de Relações Exteriores do Senado e no plenário da Casa.

Agência Estado |

Segundo os senadores, há um entendimento para que a tramitação ocorra da forma mais breve possível. Porém, eles não conseguiram definir um prazo para que isso ocorra.

O relatório aprovado foi apresentado pelo deputado Doutor Rosinha (PT-PR). Ele argumentou que a adesão da Venezuela ao Mercosul, além de ampliar o protagonismo internacional do bloco econômico, aumentará as exportações da indústria brasileira, gerando emprego e renda e ensejará ações conjuntas mais significativas que visam o desenvolvimento da região amazônica.

O deputado Cláudio Diaz (PSDB-RS) chegou a apresentar um voto em separado pela não inclusão da Venezuela no Mercosul. Entre seus argumentos, ele destacou a falta de compromisso democrático do presidente venezuelano Hugo Chávez. As posições polêmicas de Chávez fundamentaram o voto dos quatro parlamentares que se posicionaram contra o ingresso da Venezuela no bloco econômico.

O presidente da Comissão do Mercosul, Aloizio Mercadante (PT-SP), resumiu: "As posições de Chávez são um argumento, mas não podem ser decisivas. O caminho melhor é sempre o da integração. Ganham os dois países", disse.

Leia tudo sobre: home

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG